Versão gratuita do Google Meet restringirá reuniões em uma hora

O Google Meet é gratuito para todos os usuários desde abril. Mas o gigante das buscas disse o tempo todo que as reuniões de duração ilimitada durariam apenas até 30 de setembro, e que a data limite está se aproximando rapidamente.

A partir desta semana, as versões gratuitas do Meet serão limitadas a apenas reuniões de 60 minutos. Anteriormente, qualquer usuário podia criar reuniões gratuitas com até 100 participantes e bater papo indefinidamente.

Uma notícia do The Verge apontou que, de acordo com um porta-voz do Google, a empresa não tem planos de estender a promoção. Portanto, o Meet voltará aos limites pré-pandêmicos.

Google Meet perderá alguns recursos

O Google descontinuará vários outros recursos do G Suite e do G Suite for Education no próximo dia 30 de setembro.

No futuro, reuniões de até 250 participantes, transmissões ao vivo incluindo até 100.000 em um único domínio e a capacidade de salvar gravações de reuniões no Google Drive não estarão mais disponíveis para usuários gratuitos.

Normalmente, eles custam US$ 25 por mês, mas esses recursos eram gratuitos para todos os usuários, enquanto o Google Meet incluía uso ilimitado.

Versão gratuita do Google Meet restringirá reuniões em uma hora
Foto: Google

O Google Meet é apenas um dos serviços gratuitos de videoconferência que passou por um verdadeiro boom desde que a pandemia do coronavírus atingiu os Estados Unidos no início deste ano.

O Zoom continua a dizimar a competição, com 300 milhões de participantes diários somente em abril de 2020, mas o Google Meet não tem sido negligente com 100 milhões de usuários diários na mesma época.

Avaliação

Anteriormente, a mídia especializada chegou a testar os softwares de conferências mais populares Zoom, Microsoft, entre outros.

Graças aos recursos de produtividade e segurança do G Suite, o Google Meet teve a honra de ser o vencedor geral.

Isso não quer dizer que o Zoom e o Microsoft Teams não valham a pena usar, mas para alguns recursos, você definitivamente vai querer ficar com o Google Meet – mesmo se reuniões mais longas precisarem de um plano pago.

O que você achou deste artigo?