Netflix cria mecanismo de velocidade para acelerar “maratonas”

Provavelmente, você já passou algumas noites e finais de semana assistindo algumas séries, filmes ou documentários de maneira consecutiva na Netflix. Afinal, a “maratona de episódios” é um dos diferenciais do streaming em relação aos canais de TV, que disponibilizam somente um episódio por vez.

No entanto, a Netflix está começando a testar uma polêmica ferramenta de velocidade aos seus usuários, um recurso que já é conhecido no Youtube.

Ou seja, o assinante poderá selecionar se deseja assistir a uma série ou filme na velocidade normal, mais rápida ou mais lenta. O recurso tende a ser disponibilizado no aplicativo para aparelhos iOS em uma próxima atualização.

De acordo com informações do The Verge, esses controles de velocidade oportunizam que um conteúdo seja reduzido para 0,5x ou 0,75x e acelerada para 1,25x ou 1,5x. Mas, o que isso quer dizer na prática? Simplesmente, um conteúdo de uma hora e meia, por exemplo, tanto pode ser conferido em cerca de três quanto em apenas uma hora.

Modo de controle da velocidade na Netflix

Como citado anteriormente, o Youtube também fornece uma função parecida, só que com maior controle de velocidade, deixando que um vídeo também pode ser visualizado em velocidade 0,25x ou 2x.

Os usuários da Netflix necessitarão apontar a velocidade sempre que escolherem por ver um conteúdo do catálogo. A ação é para impedir que, por engano, alguém veja a um filme fora da velocidade normal, uma vez que teria escolhido algo diferenciado em um outro momento.

Netflix cria mecanismo de velocidade para acelerar “maratonas”
Foto: Visual Hunt

“Estamos atentos às preocupações dos criadores”, disse um porta-voz da empresa ao The Verge. “Limitados o intervalo de velocidades de reprodução e exigimos que os membros variem a velocidade cada vez que assistem a algo novo, em vez de fixar em suas configurações com base na última velocidade utilizada”, completou.

Vale salientar que essa função foi testada pela Netflix pela primeira vez no ano passado, adequando um processo famoso em aplicativos de vídeos e podcasts.

O diferencial é que, na Netflix, se refere a filmes e seriados, que podem ter as suas experiências totalmente alteradas ao terem o tempo alterado pelo usuário.

Autor:

O que você achou deste artigo?