Google cria programa para auxiliar empreendedores a fazer vendas online

Nesta semana, o Google confirmou que está desenvolvendo a segunda edição do projeto voltado a auxiliar a entrada de empreendedores no mercado online. As companhias interessadas terão a chance de aprender a estruturar a sua própria loja online, ganham acesso a portais de gestão e formas de pagamento, além de estratégias visando conseguir mais consumidores.

A primeira edição deste programa do Google ocorreu em 2020 e foi chamado “Cresça suas Vendas com o Google”. Segundo informações da própria empresa, o projeto resultou no lançamento de mais de sete mil lojas online. A perspectiva atual é alcançar a aproximadamente 20 mil pequenas e médias empresas (PMEs) até o fim deste ano.

Já neste ano, o programa contará com parcerias de empreendimentos como Loja Integrada, Mercado Shops e Cielo. Desta maneira, o projeto do Google poderá fornecer soluções e recursos tantos gratuitos quanto pagos em quatro fases distintas:

  • Desenvolva a sua loja online;
  • Administre a sua loja online;
  • Permissão o recebimento de pagamentos pela internet;
  • Divulgue os produtos de sua loja online.

Como saber mais sobre o programa do Google para empreendedores?

Vale salientar que os empreendedores que gostaram da proposta do Google podem achar todos os dados e demais informações na plataforma oficial: g.co/CrescaSuasVendas. “Vender on-line não depende apenas de um e-commerce. As pequenas e médias empresas também têm outras necessidades, como gerenciar seu estoque ou receber pagamentos on-line”, citou Susana Ayarza, diretora de marketing do Google Brasil.

Google cria programa para auxiliar empreendedor a fazer vendas online
Foto; Agencia Brasil

O Google também fornece no mesmo site qualificação digitais para aqueles que ainda não fazem a venda de produtos pela rede mundial de computadores ou que deseja aprimorar habilidades virtuais como gestão online, precificação de produtos, técnicas de venda, entre outras. Além disso, todos esses materiais são oferecidos de maneira gratuita.

O Google citou que aproximadamente 13 milhões de pequenas e medidas empresas foram impactadas de maneira direta pela crise decorrente da pandemia do novo coronavírus, conforme as informações oficiais, só que o crescimento da quantidade de brasileiros que estão dispostos a fazer compras pela internet aumento as chances para os negócios online.

Autor:

O que você achou deste artigo?