Facebook e Instagram exibem maior parte da propaganda, TikTok apenas o mínimo

A propaganda é uma das maneiras de se destacar e continuar a lucrar nesse período de aumento de procura por negócios na internet. No entanto, quando se refere as redes sociais, o quanto é exagerado? Conforme uma pesquisa realizada pelo WhistleOut, o Facebook e o Instagram exibem a maior parte dos anúncios.

Enquanto o auge de saturação da propaganda pode alcançar 42% do feed dos usuários nas respectivas mídias sociais. Após a avaliação de quase nove mil postagens em plataformas online com 175 contas distintas, o WhistleOut definiu que o feed de notícias do Facebook conta com uma média de 21% de publicidade.

Já o Instagram aparece na segunda posição com 20%, enquanto o LinkedIn (19,6 por cento) e o Twitter (14,2 por cento) vêm logo atrás. No entanto, esse estudo revelou algo interessante. O novíssimo fenômeno das redes sociais, o TikTok possui uma taxa de anúncio de somente 2,5% de publicidade nos dias de hoje.

Entretanto, essas quantias não levam em conta o auge de saturação da propaganda ou a maior porcentagem de propaganda mostrada em um usuário na sua linha do tempo.

Um internauta normal visualizada aproximadamente uma propaganda para cada cinco publicações. Porém, no pior dos cenários, Facebook, Instagram e Twitter podem pular até quatro anúncios para cada 10 postagens.

Publicidade no Facebook, Instagram e TikTok

Esses números podem crescer por diversos fatores, só que o link mais claro pode ser quanto tempo os usuários ficam nos respectivos aplicativos. Ou, ao menos, alguns aplicativos.

Neste caso, se deve somar os números e fica ainda mais óbvio que o Instagram mostra boa parte das propagandas quanto mais tempo as pessoas ficam conectadas.

Facebook e Instagram exibem maior parte da propaganda, TikTok apenas o mínimo
Foto: Visual Hunt

Vale salientar que os usuários, geralmente, passam 52 minutos no Instagram e observam a segunda maior quantidade de propagandas. Enquanto isso, os usuários do TikTok passam 44 minutos usando o aplicativo, mas ainda veem o menor número de anúncios.

Mesmo que apertar em propaganda não vai causar mais propaganda do que antes, parece existir uma relação entre os relatórios de anúncios na plataforma e a amostra de mais propaganda.

Além disso, o WhistleOut também pesquisou usuários sobre seus hábitos de mídia social e interações com postagens pagas. E, concluiu que os entrevistados que relataram que viram 5% mais anúncios.

O que você achou deste artigo?