Facebook acrescenta ferramenta de privacidade ao Messenger

A partir de agora, o Facebook Messenger passa a contar com novas ferramentas de segurança e privacidade. Inicialmente, essas opções chegam para os aparelhos com iOS, mas a tendência é que os dispositivos com Android recebam em breve.

Seja para mensagens de textos, chamadas de áudio ou conversa por vídeo, o recurso de segurança oferece outra camada de proteção, assegurando que ninguém vai mexer nos seus dados.

Vale salientar que esse mecanismo é opcional e também dependa das configurações biométricas disponíveis no seu aparelho tanto para bloquear quanto para desbloquear o Facebook Messenger.

“O App Lock dá a você a confiança de saber que, se um amigo ou membro da família precisar emprestar seu telefone, ele não poderá acessar seus bate-papos”, escreveu Jay Sullivan, diretor de gerenciamento de produtos para privacidade e segurança do Messenger, em um anúncio do blog.

Como ativar o novo recurso de proteção do Facebook Messenger?

Para passar a contar com esse novo mecanismo, é só tocar na imagem do seu perfil e buscar pela aba de Privacidade (abaixo do número do celular). Clique para gerenciar conversas secretas, ver sua lista de bloqueados e ajustar as configurações da história.

“Estamos sempre trabalhando para oferecer a você mais controle sobre sua privacidade. Assim, ao apresentarmos mais recursos de privacidade, você terá esse local centralizado para encontrá-los”, acrescentou Sullivan.

Facebook acrescenta ferramenta de privacidade ao Messenger
Foto: Visual Hunt

Além disso, é possível acionar o Bloqueio do software variando o item “Exigir ID de Toque / Face” e selecionando quando você pretende ativar. As opções para ativação são: prontamente depois de sair do Messenger, 60 segundos depois, 15 minutos depois ou 60 minutos após abandonar o app.

Após fechar e reabrir o software (oportunizando que o tempo alocado se esgote), você vai necessitar colocar a sua impressão digital ou a sua face para iniciar a utilização do bate-papo de novo.

É importante frisar que a plataforma social também está acrescentando outras formas de controlar quem pode se comunicar com os usuários no Messenger, além de mecanismos adicionais de segurança contra estranhos na rede mundial de computador.

Parecido com a forma com o Instagram e o WhatsApp operam, a rede social vai testar o desfoque de imagem na pasta de pedidos de mensagens. Sendo assim, “você tem a opção de visualizar uma imagem de alguém que talvez não conheça antes de responder à mensagem ou bloquear ou denunciar a conta”, concluiu Sullivan.

Autor:

O que você achou deste artigo?