Executivos da Netflix garantem que não acabarão com compartilhamento de senhas

A Netflix quer que o seu usuário relaxe: a plataforma não está preparando uma repressão em larga escala ao compartilhamento de senhas. O medo de repressão surgiu no mês passado, quando pelo menos alguns usuários encontraram uma nova medida de segurança que pode bloquear o acesso a uma conta Netflix se você não morar na mesma casa que o titular da conta.

Isso levou um analista financeiro a perguntar aos executivos da Netflix durante uma teleconferência sobre os lucros se a empresa estava se preparando para vetar no compartilhamento de contas. Em resposta, eles disseram que a Netflix estava apenas conduzindo um teste de rotina para manter estranhos fora das contas das pessoas.

“Testaremos muitas coisas, mas nunca lançaríamos algo que parecesse ‘apertar os parafusos”, disse o co-CEO da Netflix, Reed Hastings, durante a ligação.

Hastings passou a sugerir que uma repressão ao compartilhamento de senha afastaria muitos usuários legítimos, que voluntariamente compartilham suas contas com membros da família. Conseqüentemente, os testes da empresa para impedir que estranhos acessem as contas permanecerão direcionados aos invasivos.

“Deve parecer que faz sentido para os consumidores que eles (os usuários) entendam”, disse ele. “E Greg (diretor de produtos da Netflix) tem feito muitas pesquisas excelentes sobre como tentar variantes que se harmonizem com a maneira como os consumidores pensam sobre isso.”

Netflix acredita que a pandemia gerou crescimento sem precedentes em 2020

Dito isso, a Netflix pode estar enfrentando uma desaceleração no crescimento dos usuários. Durante o primeiro trimestre deste ano, a empresa adicionou apenas 4 milhões de assinantes pagos, abaixo dos 15 milhões que ganhou um ano atrás. No entanto, a Netflix aponta que o início da pandemia de COVID-19 provavelmente impulsionou um crescimento sem precedentes de usuários do serviço no ano passado.

A pandemia de COVID-19 também interrompeu a produção de muitos programas de TV e filmes. Assim, a empresa tem “uma lista de conteúdo mais leve no primeiro semestre de 2021”, o que os executivos da Netflix acreditam que resultará em um crescimento mais lento do usuário durante o período.

Executivos da Netflix garantem que não acabarão com compartilhamento de senhas
Foto: Agencia Brasil

Uma restrição ao compartilhamento de senhas pode forçar alguns usuários autônomos a se tornarem assinantes pagos. Mas os executivos da Netflix disseram que preferem trabalhar de maneira mais sutil.

“A oportunidade de negócios ideal é tentar descobrir uma maneira de servir melhor nossos membros e tentar descobrir os modelos, os tipos de planos, os preços certos, os recursos certos que realmente funcionam para eles de uma forma natural”, disse o Diretor de Produtos da Netflix, Gregory Peters.

O que você achou deste artigo?