Franquias home-based disparam durante a pandemia da covid-19

Trabalhar da própria casa é o sonho de consumo de milhares de brasileiros, especialmente para os moradores das maiores cidades do Brasil que lidam com filas no transito. Na cidade de São Paulo, por exemplo, um trabalhador pode ficar em média quase 2 horas no deslocamento entre a casa e o serviço. Por isso, as franquias home-based estão cada vez mais populares.

Afinal, todo esse tempo perdido na estrada pode ser destinado para outra atividade, como ficar com os filhos, fazer atividades físicas ou se focar na própria formação. Além disso, a estimativa de tempo na capital paulista é oriunda de um estudo feito em 2019 pela Rede Nossa São Paulo em parceria com o Ibope.

Franquias home-based e alternativa de empreender na crise

Com a pandemia causada pelo coronavírus e as medidas de isolamento social, a oportunidade de fazer home office está cada vez mais frequente e as microfranquias podem apresentar essa possibilidade de conquista de renda em um momento de crise e forte desemprego. Isso porque essas franquias home-based podem ser abertas sem o investimento de muito dinheiro.

Conforme o portal Pequenas Empresas e Grandes Negócios, dá para achar alternativas no mercado com investimento abaixo de 5 mil reais. O levantamento Microcranquias, anunciado em 2019 pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), indicam que a quantidade de empresas trabalhando com esses sistemas econômicos aumento 14% nos últimos quatro anos. Portanto, a pessoa pode ingressar nesse setor sem necessariamente investir tanto dinheiro, ou seja, os riscos diminuem.

Sendo assim, o número total saltou de 557 em 2016 para 674 em 2019. Os destaques se concentram nas áreas de beleza, saúde, bem estar e serviços. Entre 2018 e 2019, o setor de serviços aumentou 34%, enquanto o nicho de saúde cresceu 21% e deve seguir a tendência neste ano.

Com a flexibilização das medidas de autoridades municipais e estaduais nas últimas semanas, a retomada econômica está ocorrendo em diversas partes do Brasil e nos mais variados segmentos.

No entanto, as franquias home-based apresentaram pouca variação porque a maioria dos negócios é administrada, executada e trabalhada na própria casa do empreendedor. Ou seja, o franqueado não tem a necessidade de se deslocar para dar continuidade aos seus serviços, podendo realizar tudo de um ambiente seguro e controlado.

O que você achou deste artigo?