Cotação do Bitcoin passa de 40 mil dólares pela primeira vez

A criptomoneda bitcoin passou no dia 7 de janeiro do teto de 40 mil dólares, um recorde histórico, depois de alcançar uma elevação de 10 mil em somente cinco dias. No meio da tarde, a cotação da moeda alcançou 40.380 dólares no mercado de divisas, depois de uma valorização acelerada de 10% no decorrer do dia.

“Os investidores continuam a aderir à criptomoeda, que parece estar ganhando interesse agora que a economia dos Estados Unidos está em condições de proporcionar mais estímulo durante os primeiros 100 dias de [Joe] Biden” na Presidência do país, afirmou o analista financeiro Edward Moya à plataforma de negociações Oanda.

Com mais de uma década, o bitcoin atravessa um crescimento acelerado desde março de 2020, quando alcançou 5 mil dólares, alavancada pelo gigante dos pagamentos virtuais Paypal, que divulgou que liberaria a realização de pagamento em criptomoedas aos seus usuários.

A partir daí, os especialistas do banco de investimento Chase declararam que a criptomoeda poderiam ser considerada um novo tipo de “ouro. “O bitcoin pode competir com o ouro de forma mais intensa como uma moeda ‘alternativa’ nos próximos anos, já que a geração dos millennials está se tornando um elemento cada vez mais importante do universo dos investidores”, apontaram.

Cotação do Bitcoin passa de 40 mil dólares pela primeira vez
Foto: Agencia Brasil

Em contrapartida, diversos bancos centrais se movimentaram para o crescimento da utilização do bitcoin e a redução mundial do uso do dinheiro em papel projetando programas com unidades digitais centrados em bancos.

Agências como a da China, a da Suécia e a Federal Reserve (Fed) dos EUA estão experimentado programas em respostas as novas tentativas do Facebook de criar a sua própria moeda online, a Libra.

Questões relacionadas ao uso de bitcoin

Mas, vale salientar que o bitcoin, não é respaldado por nenhum banco central, apareceu como uma opção interessante para investidores com apelo ousado, mas os criminosos também tem tirado proveito de suas possibilidades. A utilização desenfreada tem desencadeado discussões sobre se ele pode ser visto como uma, um ativo ou mesmo um produto.

Depois que essa criptomoeda passou a marca de mil dólares ainda em 2013, ela está despertando cada vez mais interessa das instituições financeiras e passou por altíssimas variações na sua cotação nos últimos anos.

O que você achou deste artigo?