Twitter
RSS
Facebook

Um negócio na internet para quem não sabe nada de internet

Este não é propriamente o tipo de empreendimento com o qual me meto, mas está constando em minha lista de indicações por um único motivo: sei que muitas pessoas buscam uma oportunidade de negócio na internet, mas poucas querem realmente debruçar-se sobre o tema, estudá-lo, praticar e conseguir isto.

Assim, pus-me a procurar algo que entendesse que mesmo as pessoas que nada sabem – ou pretendem saber – sobre criação de sites, otimização, etc., pudessem iniciar um negócio baseado na web e assim fizessem algum dinheiro.

Confesso que num primeiro momento esse programa de afiliados não me agradou muito, sobretudo pelo visual de suas páginas.

Vim a saber depois que tudo era intencional, uma vez que a empresa busca atingir o pequeno comerciante e o público em geral – por isso buscaram um visual sem nenhuma sofisticação (o que também não sei se é a melhor das estratégias).

Mesmo assim, indiquei para algumas pessoas de minha lista e sei que alguns estão a ter um bom resultado desenvolvendo esse negócio.

Quanto a mim, eles tem pagado corretamente as comissões pelas indicações que fiz, portanto tenho dado crédito à empresa desde então.

Como funciona e como ganhar dinheiro com a Amarelas Internet

A Amarelas Internet é uma lista de busca online, tal qual as famosas páginas amarelas impressas, que costumamos ter guardadas em nossas gavetas.

As vendas dos anúncios dessa lista se dá através de venda direta, onde cada distribuidor da companhia pode comercializar essas publicidades em sua cidade ou bairro, com uma boa margem de lucro.

A coisa roda mais ou menos no seguinte patamar: o distribuidor compra, por R$4,00, um código que lhe permite publicar um anúncio no portal e o revende a um comerciante interessado em anunciar na lista por R$400,00, ficando assim com um lucro de R$360,00 em apenas uma venda.

Por aí dá pra ver que vendendo apenas alguns anúncios por mês, consegue-se um bom dinheiro com o negócio, mesmo sem ter um único site, sequer.

Para além dessas vendas, os distribuidores podem indicar outros interessados em também revender anúncios e ganharem também comissões por essas indicações – é aí que eu me enquadro no negócio.

Como revender os anúncios da AmarelasInternet.com

Como já falei, esse programa de afiliados só consta nessa lista pela minha preocupação em oferecer aos leitores do blog ao menos uma oportunidade de negócio em que qualquer pessoa pudesse se meter e fazer um dinheiro significativo.

E, também, pelo fato da empresa ter-me dado prova de que paga os bônus em dia. Porém, vender os anúncios dessa lista não deve ser tarefa fácil.

Mas criar um blog ou um negócio online também não é. Talvez seja até mais difícil que vender os anúncios. Nesse momento essa empresa está a apostar na criação de um veículo de comunicação através da divulgação boca a boca e seus afiliados estão a compartilhar dessa aposta.

Como a lista ainda não é conhecida, muitos comerciantes podem não se interessar por anunciar consigo, tornando a venda bastante difícil.

Mas na hora em que o negócio “pegar”, as coisas podem mudar a favor dos afiliados. Lembre-se que você nunca viu nenhum comercial do Google na TV, ou mesmo do Twitter ou do Facebook.

Você ficou a saber deles por alguém que lhe falou, não!? Então, nós não sabemos qual será a próxima explosão da internet.

Eu costumo pensar muito num ditado que sempre ouvia, que dizia “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. Penso que se os vendedores da Amarelas Internet insistirem por tempo suficiente, em algum momento, vender seus anúncios se tornará algo relativamente fácil.

E quem tiver construído uma boa carteira de anunciantes, poderá se dar bem. No momento, para ajudá-los com as vendas e com a indicação de novos vendedores, a empresa disponibiliza treinamentos online, que podem ser acompanhados no seguinte endereço: www.salabrasil.net

Como tornar-se um afiliado da Amarelas Internet

O cadastro no programa de afiliados da AmarelasInternet.com é gratuito, através de uma página de afiliação que a empresa fornece para cada associado.

Após cadastrar-se, o afiliado deverá adquirir seus códigos, para que possa comercializar os produtos. Como falei, o afiliado nada precisa saber de internet, no tocante a criar sites e blogs, mas ele vai precisar saber o mínimo, para publicar os anúncios dos seus clientes no portal.

Os treinamentos online que mencionei acima tiram todas essas dúvidas e muitas outras.

Outra coisa que o afiliado deve ter em mente é que existem duas páginas: uma onde ele irá se cadastrar e indicar (com seu respectivo link) para que outros afiliados também se cadastrem, e uma outra página que é onde as buscas são efetuadas pelos usuários da lista – é essa segunda que ele irá mostrar para seus potenciais clientes de anúncios.

Para terminar, deixo aqui este link, onde os interessados nesse negócio podem ver as estatísticas de acesso do portal. Para acessar utilize o login “amarelas” e a senha “internet“.







3 Comentários para “Um negócio na internet para quem não sabe nada de internet”

  1. Alexandro Lima disse:

    Caro amigo Marco, já estamos no mês junho de 2013, gostaria de saber se com a criação do sistema pay per click da amarelas internet você ainda continua recebendo suas comissões corretamente?

    [Responda este comentário]

  2. Marco disse:

    Alexandro,

    Eu nunca desenvolvi esse negócio como ele é proposto.. Nunca fiz rede nem vendi os anúncios. Na altura, eu estudei o negócio e conheci algumas pessoas que andavam a fazer algum dinheiro revendendo essas publicidades em estabelecimentos comerciais. Então, entendi que poderia ser uma maneira de se ganhar dinheiro com um produto digital para pessoas menos familiarizadas com a web. Daí eu ter mencionado o serviço da Amarelas aqui no blog.

    Se tiver alguma experiência (positiva ou negativa) com o negócio, por favor nos informe aqui..

    [Responda este comentário]

    Joaquim Pontes Reply:

    Eu já faço parte das Amarelas Internet, desde 2010, é um part time, mas temos de esforçar ok, Cristina quando puderes fala comigo ok…..

    [Responda este comentário]

Deixe seu comentário