WhatsApp veta versões com funcionalidades diferentes

GB WhatsApp, WhatsApp Gold, JT WhatsApp, NS WhatsApp, Yo WhatsApp e WhatsApp Plus são versões não-oficiais do aplicativo original para aparelhos com sistema operacional Android.

Os mods do aplicativos, como são conhecidos, são APKs que contam com diversas funcionalidades e recursos extras ao pp de mensagens, como tornar a interface colorida.

Só que a utilização dessas versões não oficiais está vinculada a riscos de segurança ao dispositivo eletrônico, bem como todas as informações pessoais.

Além disso, por violar os termos e condições de utilização do software oficial, essas alterações podem resultar na eliminação permanente do usuário da plataforma.

A utilização de APKs resulta na alteração de configuração dos dispositivas, na qual é indispensável ativar a alternativa “Instalar Apps Desconhecidos”.

Ao efetuar esse processo, o usuário pode fazer com que o seu próprio celular esteja vulnerável a diversas ameaças externas.

Ao finalizar o download desses aplicativos em plataformas não oficiais, o processo de instalação também pode aproveitar brechas no sistema operacional, da chance de virem com malwares ou vírus embutidos.

Quais são essas versões do WhatsApp?

Essas versões ‘alternativas’ do WhatsApp se referem a variações do aplicativo oficial. Elas comportam diversas funcionalidades diferenciadas, como a possibilidade de alterar a cor de fundo do app e o acesso a mais de um perfil cadastrado no app ao mesmo tempo.

Essas mudanças adotam o código-fonte do aplicativo original. Isso faz com que dê para conversar com os contatos que utilizam a versão original, mesmo estando conectado com uma modificada.

WhatsApp veta versões com funcionalidades diferentes
Foto: Visual Hunt

Mas, o problema é que essas alternativas não estão hospedadas em lojas oficiais e consideradas seguras, como a Play Store e a App Store. Isso significa que os aplicativos não estão obrigatoriamente hospedados em servidores com credibilidade e estrutura.

Para fazer o download desses recursos, é preciso entrar em outras lojas e sites desconhecidos, o que pode ser visto como algo inseguro porque o app pode estar acompanhado de inúmeros programas irregulares, como vírus, malwares, spywares e adwares.

Posição oficial do aplicativo

Além dos perigos citados no tópico anterior, o WhatsApp oficial ainda pode banir o usuário que prefere essas versões alternativas.

Afinal, todas essas variações são proibidas pelo aplicativo original. Portanto, quem utiliza essas modificações no dia a dia, o ideal é migrar para a versão oficial.

De acordo com o TechTudo, o processo para voltar a versão original é muito simples. É só entrar nas opções do aplicativo, escolher as conversas e salvar tudo.

Posteriormente, entre na parte de configurações do dispositivo, clique em “Armazenamento” e em cima de “Arquivo”. Procure pela pasta alternativa e altere o nome para WhatsApp.

Em seguida, é só fazer o download do aplicativo original e aceitar a configuração padrão, confirmando o seu número.

Dá para inserir as conversas salvas no aplicativo, só que o software não assegura que o usuário será capaz de mantê-las, porque a versão original é incompatível com as outras.

O que você achou deste artigo?