Usuários do WhatsApp Web já conseguem acelerar as mensagens de áudio

Depois de liberar a versão do aplicativo para usuários de iPhone, a ferramenta para acelerar as mensagens de áudio agora também está chegando para quem utiliza o WhatsApp Web, mecanismo para usar o software de troca de mensagens instantâneas pelo computador.

A partir de agora, os usuários já são capazes de reproduzir mensagens sonoras em velocidades distintas. Os usuários começaram a notar essa facilidade no dia 25. Divulgada como uma opção para aqueles que recebem conteúdo de áudio muito extensos e que não tem muita paciência ou tempo para ouvir tudo até o fim, essa solução conta com três alternativas de velocidade.

Dá para aumentar a velocidade de reprodução em 1,5x e em 2,0x, bem como escutar o conteúdo na velocidade habitual de 1,0x. Ao notar que um quadrinho com esses números está aparecendo ao lado das mensagens de áudio, o usuário já consegue escolher a velocidade para reproduzir o material. Basta selecionar a opção pretendida.

Usuários do WhatsApp Web já conseguem acelerar as mensagens de áudio

Vale salientar que os usuários da versão beta do WhatsApp para Android foram os pioneiros na hora de testar e se familiarizar com esse recurso, já que foi lançado no mês de abril. Em relação as versões estáveis do aplicativo, a opção chegou para os aparelhos iOS, inicialmente. E, a partir de agora está sendo liberada para os adeptos do sistema operacional da Google, além do serviço usado para computador.

Concorrente do WhatsApp conta com a aceleração de áudios desde 2018

Só que é preciso pontuar que essa solução também está acessível em outros serviços de comunicação pela internet similares ao WhatsApp. Um dos principais rivais do app de mensagens que pertence ao grupo Facebook, o Telegram contempla a possibilidade de acelerar os áudios desde 2018 em todas as suas versões, exceção feita para a plataforma web do programa.

Lembrando que o Telegram ganhou milhões de novos usuários no começo do ano quando o WhatsApp começou a divulgar a sua nova política de privacidade e a necessidade de aceitação dos termos para seguir utilizando o aplicativo com todos os seus benefícios. Com essa debandada dos usuários, o WhatsApp foi obrigado a rever tanto prazo quanto a exigência de aceitação das novas medidas.

Autor:

O que você achou deste artigo?