Sebrae e Abrasel lançam curso gratuito para bares para ajudar na volta dos negócios

Em um período em que os empreendedores nacionais passam por um cenário delicado, devido a pandemia gerada pelo novo coronavírus, o Sebrae e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) lançaram um curso gratuito voltado para proprietários de micro e pequenos negócios do setor alimentício.

Afinal, o segmento é um dos mais relevantes para a economia nacional, totalizando aproximadamente seis milhões de empregos em cerca de um milhão de empreendimentos. Isso porque os bares, lanchonetes e restaurantes geram 2,7% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, com um rendimento em torno de cerca R$ 175 bilhões por ano.

Os materiais desenvolvidos pelas duas instituições estão acessíveis na plataforma de ensino a distância (EaD) do Sebrae e foram ordenados em três categorias: gestão de bares e restaurantes, gestão da qualidade e gestão de pessoas.

De acordo com o analista de competitividade do Sebrae, Luiz Rebelatto, a colaboração do Sebrae com a Abrasel é de longa data e os materiais foram criados antes do agravamento da doença no país. No entanto, como retratam as principais questões exigidas dos empreendedores no momentos, serão de vital importância para dar suporte aos negócios durante e depois da crise.

Conteúdo do curso oferecido no site do Sebrae

Entre as etapas do curso está Bar e restaurante como meio de vida: por que planejar o seu futuro?”. Além disso, o dono do estabelecimento pode saber mais sobre quais os passos para iniciar um negócio na área e as fases necessárias para a formalização.

Com 30 aulas em vídeos, o interessado também vai saber mais sobre como fechar com fornecedores, parceiros e outros detalhes que podem facilitar o gerenciamento. Caso o negócio seja do setor de comida a quilo, o dono ainda vai descobrir como controlar o volume produtivo.

Sebrae e Abrasel lançam curso gratuito para bares para ajudar na volta dos negócios
Foto: Visual Hunt

Vale salientar que, entre os módulos se encontram conteúdo sobre como definir um bom fluxo de fila e reposição de produtos, de maneira a zerar os desperdícios em serviços de buffet. Ou ainda como selecionar e usar programas para melhorar a administração do negócio, bem como instruções para elevar as vendas usando canais de delivery, uma das plataformas prediletas nesse momento de distanciamento social.

Período delicado par aos negócios nacionais

Um estudo promovido pelo Sebrae, em conjunto com a Abrasel, revelou que a segurança sanitária é o quesito essencial para os empreendedores (53% dos participantes da pesquisa) nessa situação de volta dos negócios.

Segundo a pesquisa, antes da pandemia da Covid-19, 70% dos empreendimentos apresentavam uma situação financeira estabilizada ou de crescimento (19%) com algum tipo de investimento. No entanto, com o agravamento da pandemia no país, mais da metade registrou redução no lucro de 75%. Todavia, os serviços de buffet foram os mais afetados com os fechamentos.

“Estamos diante de um novo momento de consumo e, mais uma vez, o empreendedor precisa se reinventar para atrair clientes para os seus produtos e serviços. É fundamental comunicar com transparência as adaptações providenciadas e os cuidados adotados com a segurança dos alimentos, com o distanciamento entre clientes e a devida higienização do espaço”, declarou o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Autor:

O que você achou deste artigo?