Ministério da Economia reabre edital para doação de itens para trabalho remoto

Pessoas físicas e empreendimentos poderão doar, até 29 de maio, computadores e tablets para que servidores sigam trabalhando de suas respectivas residências durante a pandemia causada pelo novo coronavírus. O Ministério da Economia optou por ampliar o edital para receber os itens para trabalho remoto, oportunizando a manutenção de serviços úteis.

Essa é a terceira prorrogação do edital, que foi criado no mês passado. Poderão ser entregues equipamentos novos ou usados, dede que atendem aos quesitos básicos solicitados pelo Governo Federal. Além disso, as doações de acessórios para trabalho remoto podem ser feitas em qualquer lugar do brasil.

De acordo com a Agencia Brasil, qualquer pessoa física ou jurídica, nacional ou estrangeira em situação regular no país, poderá se habilitar para a doação, mediante inscrição via internet. Mas, vale lembrar que os interessados precisam realizar protocolo eletrônico no site ou ou petição eletrônica na página.

Quem quiser pode se inscrever por e-mail, no endereço. O prazo para doação acaba às 18h do próximo dia 29. Além dos tablets, o Ministério da Economia está recebendo computadores de mesa (desktops) e portáteis (laptops).

trabalho remoto
Foto: Agencia Brasil

Ainda segundo a Agencia Brasil, os requisitos mínimos solicitados são: processador de 2 GHz (ou superior), nos modos 32 bits ou 64 bits; 4 GB de RAM de memória; disco rígido de pelo menos 500 GB; resolução de tela de pelo menos 1024 por 768 pixels; placa de vídeo com pelo menos 128 MB de memória gráfica e sistema operacional Windows 10 ou Windows 8.1, de 32 bits e 64 bits; ou Ubuntu 16.04 LTS, 18.04 LTS, ou superior.

Balanço das doações para trabalho remoto e combate ao coronavírus

Até a semana passada, o Ministério da Economia já tinha contabilizado cerca de 24 milhões de reais computadores e em material de combate ao novo coronavírus. Além das doações de dispositivos eletrônicos, a pasta também contou com um edital para o recebimento de luvas, máscaras e itens de saúde para proteção pessoal.

As doações dos equipamentos médicos acabaram na última sexta-feira (15), mas o edital deve ser reaberto nos próximos dias. Por isso, os interessados em ajudar com outros produtos e serviços no combate a pandemia devem acessar a plataforma oficial de doações do governo federal, o Reuse.

Inicialmente, o visitante pode entrar no portal. Em seguida, basta acessar o site Reuse e incluir as doações na opção “quero doar”. O internauta necessita adicionar as informações sobre o produto ou serviço, anexar fotos e, se quiser, indicar um órgão específico para receber os itens.

Posteriormente, a Central de Compras do Ministério da Economia vai avaliar a doação. Depois dessa analise, o anúncio do doador será publicado automaticamente pelo Reuse e ficará disponível por dez dias.

O que você achou deste artigo?