Microsoft Teams anuncia novo recurso para “recapitulação” de reuniões

Em um mundo em que é preciso estar sempre “atendendo a uma ligação rápida”, você está fadado a perder alguns chats virtuais. Afinal, não se pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo, e é aí que entra um novo recurso para o Microsoft Teams.

Recapitulações de reuniões permitirão que você se atualize sobre uma reunião que perdeu ou revisite o que foi discutido. Conforme relata o Windows Latest, a Microsoft anunciou o recurso no ano passado, e agora está sendo implementado para alguns usuários, com lançamento completo previsto para o final de fevereiro.

As recapitulações incluem histórico de mensagens de bate-papo, notas, gravações e transcrições, se disponíveis. “A recapitulação da reunião ajudará as equipes a se manterem no caminho certo e continuarem trabalhando após o término da reunião”, afirmou a Microsoft.

O Microsoft Teams intensificou seu jogo no ano passado para atrair os usuários do Zoom e do Google Meet. O modo Juntos, por exemplo, coloca os participantes da videoconferência na mesma sala virtual, enquanto o modo Dinâmico destaca a janela do alto-falante e prioriza os participantes que estão compartilhando vídeo.

Os filtros de vídeo permitem que os usuários ajustem a iluminação e as reações e mensagens de emojis ao vivo, e as mensagens aparecem no vídeo como bolhas de bate-papo. E não se esqueça dos fundos personalizados. Também chegando em fevereiro: layouts personalizados, novos relatórios e outros recursos.

Microsoft Teams anuncia novo recurso para “recapitulação” de reuniões

“Os moderadores poderão personalizar a forma como o conteúdo é exibido para os participantes da reunião [e] facilmente direcionar a atenção do público por meio de gestos com as mãos e pistas faciais, sem fazer o espectador escolher entre o palestrante e o conteúdo”, afirma a Microsoft.

Microsoft Teams ganhou novos adeptos nos últimos meses

Vale salientar que o Microsoft Teams é um programa que ganhou muitos usuários desde meados de março de 2020 em função da pandemia do novo coronavírus, bem como das medidas de isolamento social e da necessidade passar mais tempo em casa.

Sendo assim, milhões de pessoas começaram a trabalhar, estudar e se comunicar com outras pessoas por ferramentas digitais e seguem usando esses recursos até os dias de hoje. Cerca de 95 milhões de casos positivos já foram registrados ao redor do mundo, com 2 milhões de mortes.

O que você achou deste artigo?