LinkedIn lança recurso com histórias para os seus usuários

Outra rede social está dando uma chance às histórias: LinkedIn.

As histórias do LinkedIn são semelhantes às histórias do Snapchat ou do Instagram: você tira fotos, decora-as e carrega-as no seu perfil por 24 horas.

Você pode ver todas as histórias de suas conexões no topo do seu feed principal.

“Como as histórias são compartilhadas por 24 horas, vemos isso como uma ótima opção para você expressar momentos profissionais com sua rede do LinkedIn, sem se preocupar se o conteúdo está permanentemente anexado ao seu perfil”, Kiran Prasad, vice-presidente de produto do LinkedIn, escreveu em uma postagem de blog.

Sendo o LinkedIn, a ideia é que você compartilhe atualizações profissionais, não o que você comeu no brunch ou a roupa do dia.

As histórias terão uma mudança na “Questão do Dia” para manter as coisas no tópico.

O LinkedIn está testando histórias na Austrália, Brasil, Canadá, França, Holanda, Emirados Árabes Unidos e Estados Unidos.

Para postar uma história em seu perfil, abra o aplicativo LinkedIn e toque no círculo com sua foto e um sinal de mais no canto superior esquerdo para abrir a câmera.

LinkedIn lança recurso com histórias para os seus usuários
Foto: Visual Hunt

Existem algumas outras atualizações no LinkedIn também. Primeiro, a pesquisa foi atualizada com novos filtros, além da capacidade de encontrar cursos online e conteúdo na plataforma.

O Messaging tem reações com emojis agora e, a partir de outubro, você poderá iniciar chamadas de vídeo diretamente do bate-papo.

O LinkedIn adicionou recentemente uma opção de gravação de áudio para ajudar as pessoas a pronunciar nomes corretamente.

Números do LinkedIn no Brasil

Com cerca de 600 milhões de usuários ao redor do mundo, a mídia social profissional está crescendo também no cenário nacional.

De acordo com uma pesquisa recente, o Brasil é o quarto país em quantidade de inscritos na plataforma oficial. Hoje em dia, o país conta com cerca de 35 milhões de pessoas ativas.

A liderança do ranking está com os Estados Unidos e os seus 150 milhões de usuários. Da quantidade total de pessoas inscritas na rede social, 40% entram nos seus perfis todos os dias.

O que você achou deste artigo?