Já dá para ganhar dinheiro com as lives no Instagram. Entenda!

Provavelmente, você já assistiu a alguma das diversas lives no Instagram nesse período de quarentena, não é? A partir desta quarta-feira, 27, os criadores de conteúdo e outros profissionais contarão com mais um modo de faturar nas redes sociais.

Isso porque a plataforma está começando a testar uma nova função, os Badges, que oportuniza que os seguidores possam pagar uma determinada quantia para ter um comentário em destaque em uma transmissão ao vivo.

Inicialmente, esse dispositivo estará disponível unicamente nos Estados Unidos, só que a tendência é que a novidade desembarque no Brasil em pouco, conforme antecipou o diretor de parcerias do Instagram para a América Latina, Gonzalo Arauz, ao Estadão.

“Os criadores de conteúdo estão dentro de suas casas e têm cobrado formas sobre como podem continuar produzindo conteúdo para entreter as pessoas no período de isolamento social, por conta da pandemia do coronavírus”, diz Arauz.

lives no Instagram
Foto: Visual Hunt

De acordo a empresa, ocorreu um crescimento de 70% nas visualizações de vídeo ao vivo nos meses de fevereiro e março. Entretanto, o executivo não cravou uma data oficial para que o recurso esteja liberado para as lives no Instagram dos brasileiros.

Como vai funcionar essa nova função nas lives do Instagram?

Sendo assim, os americanos já podem contar com essa forma de ganhar dinheiro online ao comercializar as Badges (medalhas ou distintivos, em português). Mas, vale salientar que esse dispositivo só estará a disposição de quem possui conta cadastrada como “criador de conteúdo” ou “negócios”.

Elas terão três valores diferentes – US$ 1, US$ 2 e US$ 5 – e darão ao público a chance de aparecer para o criador de conteúdo, como se fosse um ‘fã de carteirinha’. Entretanto, esse mecanismo não é tão inovador, uma vez que já é adotado por alguns serviços de transmissão online, como o Youtube e a plataforma focada em games Twitch, da Amazon.

No exterior, essa já é uma forma bastante popular do público apoiar seus influenciadores favoritos. Além disso, as quantias poderão ser repassadas com Apple Pay e Google Pay, além de ferramentas de pagamento do Facebook, como o Facebook Payments, onde ele estiver disponível.

Ainda conforme o executivo, o Instagram não vai cobrar comissão sobre a venda dos distintivos durante a fase de testes. “Vamos explorar essa possibilidade (de cobrar) para o futuro, mas não agora, durante a fase de testes”, concluiu Arauz.

Vale salientar que as lives estão fazendo muito sucesso entre os brasileiros, sobretudo, as transmissões de grupos musicais, duplas ou cantores (as).

O que você achou deste artigo?