Download de TikTok e WeChat serão proibidos nos Estados Unidos

O departamento de Comércio dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira (18) que vetará, a partir deste domingo (20), o download dos aplicativos TikTok e WeChat no país.

O governo do presidente Donald Trump tomou a medida alegando risco para a segurança do pais.

Uso de WeChat nos Estados Unidos

No entanto, o comunicado não deixou claro que as pessoas que já contam com os aplicativos nos seus dispositivos eletrônicos poderão continuar a utilizá-los normalmente.

Hoje em dia, o TikTok possui aproximadamente de cem milhões de usuários no país, enquanto o WeChat possui 19 milhões.

Sendo assim, a nota oficial do governo de Trump se limita a informar que a partir de domingo estará proibida “qualquer provisão de hospedagem de internet que habilite o funcionamento ou otimização do aplicativo nos EUA”.

Além disso, o governo também deve impor limitações para downloads e atualizações nas lojas de aplicativos. “O Partido Comunista da China mostrou que tem os meios e a intenção de usar esses aplicativos para ameaçar a segurança nacional, a política externa e a economia dos Estados Unidos”, disse o departamento americano em um comunicado.

A nota oficial salientou ainda que, mesmo que o risco dos dois software seja distinto, eles tem semelhanças que abrem perigos inaceitáveis para os Estados Unidos.

Downloads de TikTok e Wechat se tornarão proibidos nos Estados Unidos

“Cada um coleta vastas faixas de dados de usuários, incluindo atividade de rede, dados de localização e históricos de navegação e pesquisa. Cada um é um participante ativo na fusão civil-militar da China e está sujeito à cooperação obrigatória com os serviços de inteligência do PCCh”, apontou o comunicado.

No mês de agosto, o presidente dos Estados Unidos definiu uma medida executiva que vetava qualquer negócio por pessoa, ou com relação a qualquer propriedade, sujeita à jurisdição dos Estados Unidos’ com a ByteDance, desenvolvedora do app.

Acordo da Oracle com o TikTok

Além disso, Trump afirmou que iria proibir o funcionamento do app no país senão fosse vendido para uma companhia americano até a metade do mês.

Recentemente, o TikTok e o Oracle divulgaram um acerto tecnológico para que a plataforma de vídeos curtos, com cerca de 800 milhões de usuários globalmente, continue funcionamento no país.

A proposta visa tornar o TikTok Global uma empresa com sede nos EUA. Entretanto, esse negócio ainda precisa ter a aprovação norte-americana.

Bem como a China necessitará autorizar o acerto definido pela ByteDance com a Oracle pelo Tiktok, conforme a empresa chinesa.

Isso quer dizer que a tentativa de seguir operando nos Estados Unidos terá outros capítulos complicados nas próximas semanas.

O que você achou deste artigo?