Twitter
RSS
Facebook

Como um corretor de imóveis pode empreender online

Vez por outra eu me pego pensando no potencial que ainda há a ser explorado na internet e o quanto algumas pessoas poderiam tirar proveito disso. Confesso que chego a ficar com dor de cabeça de tantas idéias que me chegam ao mesmo tempo e até frustrado por saber que jamais poderei colocar nem 10% delas em prática.

E tenho certeza de que todos os empreendedores online que realmente “entendem” de internet hão de concordar comigo e devem passar pelas mesmas frustrações.

Quando se descobre e aprende-se a trabalhar e explorar da maneira correta esse terreno, você passa a enxergar oportunidades para todo lado que olha e é humanamente impossível implementar todas as ideias e projetos que lhe surgem.

Daí, imagino eu, vem logo a vontade de criar um blog nesse nicho, para que se possa compartilhar ideias com o mundo e ajudar outras pessoas a ganharem dinheiro com elas. E aí você deve estar pensando: “há algo de errado nisso.

Qual seria o interesse de alguém em oferecer gratuitamente suas próprias ideias para que outras pessoas ganhassem dinheiro com elas?”. E você tem razão de pensar assim – eu também desconfiaria.

A verdade é: as possibilidades de se ganhar dinheiro na internet são tantas, que até assim, oferecendo nossas ideias de graça, ainda é possível fazer algum dinheiro em cima disso.

Muitas das ideias que eu tenho, por exemplo, são para implementações de negócios locais. Então, sabendo eu que jamais poderei estar em vários lugares ao mesmo tempo, porque não indicar essas ideias à outras pessoas, ajudá-las a lucrar com isso e, quem sabe, ganhar algum dinheiro pela indicação de alguma ferramenta, software ou qualquer recurso que a idéia necessite para ser implementada?

Ou mesmo, quem sabe alguma pessoa que pense em implementar alguma dessas ideias, necessite de informações mais aprofundadas para tocar o projeto e me procure futuramente para uma consultoria? Tudo é possível.

como vender imóveis

Empreendedorismo digital para corretor de imóveis

Como eu disse no início do post, o “x” da questão está em entender o potencial e o funcionamento da internet, a mecânica dos negócios online e como obter as informações que podem colocar dinheiro em sua mão.

A partir daí, é uma questão de fazer, errar, aprender com o erro, fazer de novo, acertar e, finalmente, lucrar. O que eu quero dizer com isso? Quero dizer que se alguns profissionais soubessem o que se passa na internet, poderiam tirar grande proveito disso em seus negócios.

Por exemplo, imagine que você seja um corretor imobiliário no Rio de Janeiro, que em sua carteira de produtos tenha alguns apartamentos em Copacabana à serem vendidos e que, de repente, descubra que mensalmente algumas centenas de pessoas pesquisam no Google sobre “apartamento em copacabana a venda”, “apartamento pra vender em copacabana”, entre outras.

Essas informações seriam de seu interesse? Melhor ainda, ter acesso à essas pessoas poderia gerar algum impacto em seus negócios? Então, é disso que estou falando. Essas e muitas outras informações podem ser obtidas gratuitamente na internet, basta apenas saber onde procurá-las.

Especificamente para esse tipo de informações que citei, você poderia tê-las através do Google Keywoord Tool, que é uma das ferramentas de análise de buscas do Google.

Mas isso seria apenas o começo. De posse dessas informações, você deveria partir para a segunda parte do trabalho, que seria encontrar a maneira de entrar em contato com essas pessoas e oferecer seus apartamentos.

Como promover e vender imóveis na internet

Para isso, a idéia que me ocorre no momento seria a criação de um site onde você pudesse expôr seus produtos e direcionar tráfego qualificado ao mesmo, afim de que interessados vissem as ofertas e lhe contactassem, ou criar uma landing page, onde captaria emails dos interessados, sob alguma promessa (como por exemplo a de enviar-lhes dicas de compras de imóveis), e futuramente lhes enviaria informações sobre os apartamentos de que você dispunha.

Na verdade, o céu é o limite para a criatividade nesse tipo de ação. O importante mesmo é entender os princípios de como as coisas funcionam na internet e fazer suas próprias experiências.

Particularmente, eu optaria por algo próximo da segunda estratégia, pois sei que nada é mais importante do que ter uma boa lista de pessoas com interesse em determinado produto, com a qual possa se comunicar e enviar ofertas que atendam seus anseios.

Por outro lado, paralelamente a isso, se eu fosse um corretor de imóveis em Copacana, não pensaria duas vezes em criar um site de nicho, no formato blog mesmo, e com um domínio bem ligado ao tema, como “imoveiscopacabana.com” ou, mais especificamente, “apartamentoscopacabana.com”, onde eu pudesse ir atualizando constantemente com meu portfólio de imóveis, afim de obter tráfego orgânico para pesquisas locais relacionadas a esse tema.

Uma coisa que não faria a princípio, penso eu, seria comprar publicidade do tipo payper click para esse segundo tipo de site, a menos que fosse para uma página específica dentro do mesmo, onde me utilizasse da primeira estratégia – de captar emails.

Outra coisa que sugiro para corretores, e que está em alta no marketing digital, e que pode render-lhe algumas vendas, é investir na produção de vídeos demonstrando seus imóveis, que podem ser facilmente publicados em sites como Youtube, e criar algum diferencial entre seu trabalho e o da concorrência, seja oferendo comodidade aos seus prospects, seja potencializando o número de apresentações que você faz dos imóveis, ou mesmo criando uma imagem diferenciada de você, enquanto corretor.

Esses são apenas alguns esboços de idéias. O importante é que você aprenda o que pode ser feito com a internet e encontre o formato ideal para si.







Deixe seu comentário