Twitter
RSS
Facebook

O início para a maioria dos web-empreendedores: adsense

Finalmente, vamos falar de uma das principais formas de se ganhar dinheiro na internet, o Adsense, que, para muitos dos novos candidatos a webempreendedores é a mais fácil maneira de se começar um negócio. O Adsense é o programa de afiliados do Google, através do qual você pode exibir publicidades em seus sites ou blogs e assim obter rendimentos.

A mecânica é mais ou menos a seguinte: o Google capta anunciantes que desejem exibir suas publicidades nas páginas de resultados de pesquisas (SERPs) ou na rede de sites afiliados; quando um anúncio é exibido (e clicado) nas próprias páginas de resultados do Google, toda a receita desse anúncio fica para o “gigante das buscas”, porém, quando um anúncio é exibido (e igualmente clicado) num site afiliado, o Google partilha a receita desse anúncio com o dono do site – e é aí que você pode entrar.

Ou seja, simplificadamente falando, você pode se afiliar ao Adsense, exibir anúncios dos clientes do Google em seus sites e blogs e toda vez que alguém clicar num desses anúncios, você ganha dinheiro.

E quanto você terá que investir para ter um negócio desse? Nada! Você não precisa pagar nada para se cadastrar no Adsense, começar a exibir publicidades em seus sites e ganhar o seu.

Teoricamente, é tão simples quanto isso. Lembre-se, porém, que eu falei que o Google só vai lhe pagar quando alguém clicar no anúncio que você está exibindo e para que isso aconteça, você precisa que pessoas estejam visitando seu site – e é aí onde a coisa torna-se um pouco mais complicada.

À esse processo de pessoas vistando seu site damos o nome de “tráfego” e vá se acostumando com essa palavra, pois o sucesso de qualquer negócio na internet deve-se à ela.

Evidentemente, deverei escrever aqui vários posts sobre esse tema, mas, por hora, voltemos ao Adsense.

Como a implantação do Adsense funciona na prática

Para participar do programa você terá de se cadastrar no Adsense, indicando seus dados pessoais e bancários (afim de receber seus pagamentos). Assim que tiver finalizado seu cadastro e tiver seu “ID de Editor”, já poderá começar a exibir seus anúncios.

Resumidamente falando, para publicar um anúncio você irá copiar um código html fornecido pelo Adsense e colá-lo na respectiva área de seu site em que deseja que o mesmo seja exibido.

Para quem optar por criar um site/blog com o wordpress, existem várias opções de plugins que tornam esse trabalho mais fácil.

A partir de então, com os dados de login e senha que você adquiriu ao efetuar seu cadastro, você poderá acessar, sempre que desejar, sua conta do Adsense e verificar como andam as taxas de cliques em seus anúncios e seus respectivos ganhos.

Dicas para utilização e monetização dom o Adsense

Bem, a primeira dica que dou é que leia com bastante atenção os “Regulamentos do Programa Google Adsense“, pois assim poderá evitar, principalmente, que todo o trabalho já efetuado seja perdido.

Isso mesmo! O Adsense é um programa extremamente sério e rígido em relação a suas políticas e ao sinal de menor tentativa de fraude sua conta será finalizada e banida para sempre.

Nem com promessa eles voltarão a lhe conceder o direito de abrir uma nova conta em seu nome. A princípio isso pode parecer uma coisa fácil de resolver, uma vez que poderá abrir uma nova conta em nome de outra pessoa, mas tenha certeza de que isso lhe trará vários transtornos, como por exemplo o de não poder receber os pagamentos em sua própria conta bancária, uma vez que eles só depositam dinheiro em contas cujos CPFs sejam idênticos ao CPF do editor.

Só alertando, caso você não tenha tido a coragem de ler os regulamentos, jamais pense em trapacear, jamais clique em seus próprios anúncios e, também, jamais indique, peça ou utilize-se de alguma “estratégia” que incite seus visitantes a clicarem em seus anúncios.

Em segundo lugar, agora como real dica de como obter maiores ganhos com o Adsense, eu indico que continue acompanhando minhas dicas aqui no blog :lol:, pois esse tema é bastante vasto e muito terá que ser dito.

Mas, como uma palhinha, preste bastante atenção no layout de seu site e nas respectivas posições de exibições dos anúncios; acompanhe de perto os relatórios e as dicas que o próprio programa lhe fornecerá em seu painel de controle; ofereça o melhor conteúdo possível para seu leitor (isso por si só já lhe auxiliará de várias maneiras, como por exemplo com a geração de tráfego).

E, por fim, caso ainda não tenha um site, mas esteja pensando em criar um ou vários deles com a intenção de ganhar dinheiro com o Adsense, faça um bom planejamento prévio, sobre quais assuntos são mais adequados; em quais nichos conseguirá maiores valores por clique (CPC); quais domínios comprar, entre outros.

Como já falei, tudo o que há pra se dizer sobre o Adsense consumiria todo um blog…







Deixe seu comentário